Patthabi Jois e Ashtanga Yoga

“Yoga é 99% prática e 1% teoria.  Para quem pratica, a teoria é óbvia, para quem não pratica é inútil.” Pattabhi Jois (1915-2009)

Já passaram alguns anos desde que li pela primeira vez as palavras acima, quando estava a estudar para o curso de formação de professores de yoga.  Rodeada de livros sobre os textos antigos e sobre a história de yoga, parecia uma boa lembrança de fazer um intervalo para ir praticar e meditar.

Nunca conheci Pattabhi Jois, nem nunca pratiquei o estilo de “Ashtanga Yoga”, mas sei que foi um mestre muito acarinhado pelos seus alunos a quem chamavam “Guruji”.  Tenho um amigo que o conheceu e que fala da sua presença extraordinária.

Jois ensinou yoga durante mais de 65 anos, até à sua morte. O seu interesse no yoga começou aos 12 anos, quando viu o homem que se tornaria o seu professor, Krishnamacharya, dar uma demonstração de yoga na sua escola. Estudou diariamente durante dois anos, acabando por se mudar para Mysore,para continuar a sua educação nos estudos de yoga e sânscrito. Diz-se que brilhou como um estudioso e professor de yoga. Foi sómente depois de Jois ensinar o marajá de Mysore, Krishna Rajendra Wodeyar, que criou o Departamento de Yoga do Colégio do Sânscrito de Mysore em 1937 com a aprovação e bênção de Krishnamacharya. Após 37 anos de cátedra, Jois ganhou o título de Vidwan (professor emérito de Estudos em Sânscrito).

Foi a partir dos anos de 1970, que Ashtanga Yoga ganhou interesse por parte de pessoas oriundas de outros países do mundo. Ao longo dos seus anos como professor, além das aulas no instituto ou shala, Jois também ensinou yoga numa pequena sala no primeiro andar de sua casa, em Mysore. Diz-se que ficava sempre muito contente para ver um aluno novo.

Jois inspirou os seus alunos a ter fé em si próprios e na sua prática. Apesar da sua completa falta de fluência linguística, falando no seu Inglês quebrado, Jois consegiu comunicar um conhecimento transcendental de yoga. Viu crescer uma comunidade internacional de pessoas dedicadas e profissionais, apaixonadas pelo Ashtanga Yoga, e viveu para ver a fruição plena do trabalho da sua vida inteira espalhar-se por mais de 30 países diferentes. 

O seu legado excede em muito a sua presença física, e que continua a ser transmitido pelo seu filho, Manju, e o seu neto, Sharath.

Eis um vídeo de 1993 a demonstrar uma prática de Ashtanga Yoga avançado, pelos seus alunos (com muitos anos de prática e experiência) e com o Pattabhi Jois a orienta-los. Os produtores do vídeo dizem que não se pretende que seja utilizado como um método de treinar e recomendam que se deve iniciar uma pratica de yoga sob a supervisão de um instrutor experiente. Esperam que sirva para inspirar a praticar yoga.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s