Bharadvajasana – a torção rishi

Bharadvaja, foi um dos Saptaṛṣis (sete grandes sábios ou Rishis) dos tempos Védicos e a quem muitos dos hinos no Rig Veda são atribuídos. Supostamente, esta postura é baseada na sua posição sentada, aqui representada com duas variações na colocação das pernas (como representado nas várias gravuras deste sábio).

Bharadvajasana ajuda a diminuir as dores nas costas, no pescoço, e a dor ciática. Aoespremer” a tensão acumulada nos tecidos, ajuda a acalmar a mente e a estabilizar o sistema nervoso. Este asana ajuda na desentoxicação do organismo, porque todos os órgãos internos são massajados devido à torção do tronco e ao movimento da respiração abdominal.

Advertências

  • Não fazer durante a menstrução
  • Evitar se tiver diarreia, tensão alta ou baixa, problemas de insónia, dores de cabeça
  • Proseguir com muita cautela se alguma vez teve problemas de coluna, hérnias ou outras lesões.

Benefícios

  • Fornece um estiramento profundo e completo ao corpo ao longo das costas, tronco, ombros e ancas.
  • Acalma e regenera órgãos subjacentes no abdómen, aumentando a actividade metabólica, a funcão digestiva e melhorando a eliminação.
  • Acalma a mente e restaura um sentido de equilíbrio e calma.  

Comece por ficar sentado no tapete com as pernas estendidas nas postura do bastão, dandasana.

Para a primeira variação da postura – e o mais simples – dobre as pernas, levando os pés para o lado esquerdo, junto da anca, com o peito do pé esquerdo em cima da planta do pé direito. Inspire, alongue a coluna criando espaço entre cada vertebra, e na expiração, vira para o lado direito – pode virar a cabeça, se for comodo, e olhar para trás; pode sentar-se em cima de um cobertor dobrado:

bharadvajasana

Manter durante varias respirações (até doze), fazendo a respiração abdominal (na expiração deixar o abdomén mover-se para dentro, e na expiração relaxe-o).  Quando terminar, virar para a frente, e voltar para dandasana. Fazer uma curta pausa, absorvendo as sensações, e em seguida repetir para o outro lado.

Para a segunda variação, dobre a perna esquerda para trás, colocando o pé ao lado da anca esquerda. Dobre a perna direita, desta vez colocando o pé direito em cima da perna esquerda o mais perto possível do tronco.  Comece por colocar a mão direita atrás das costas, no tapete, e a mão esquerda em cima do joelho direito. Vire a cabeça e olhe por cima do ombro direito. Faça algumas respirações e com cada expiração, continue a virar o tronco e a cabeça para o lado direito.  Quando sentir que antigiu a máxima capacidade de torção, experimente chegar com a mão direita ao pé direito. Agora, vire a palma esquerda para cima, e tente colocar as costas da mão no lado de fora do joelho direito, com os dedos a apontar para o tapete.  Respire suavemente, fazendo a respiração abdominal, e com cada expiração, experimente entrar mais profundamente na torção – sem forçar, claro.  Para sair, soltar o pé, e lentamente virar à frente, voltando para dandasana. Repetir todos os passos, agora fazendo a torção para o lado esquerdo.

DSC03657

   Uma sugestão feita por Gary Kraftsow: depois de varias respirações, podemos virar a cabeça e olhar para o joelho esquerdo:DSC03659

Variação: Pode ser feita sentado numa cadeira.chair twist

http://crossfitwarriorspirit.com/wp-content/uploads/2013/03/bharadvajasana.gif

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s